A carne para nada aproveita

a carne para nada aproveita
Compartilhe 😉Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest

“O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita, as palavras que eu vos tenho dito são espírito e vida” (João 6:63).

A carne para nada aproveita. Lembro-me de uma vez que um homem contou-me um sonho que teve: debaixo da mesa de sua casa havia um porco e um frango e, teoricamente, na cabeça dele, um era saudável e o outro não. Eles estavam vivendo um litígio naquela cidade, eram dois pastores tentando conviver. Um, claramente, era “carne visível”, um homem carnal. O outro era uma “carne com classe”, mas também era carne. Nenhum dos dois tinha amor. Um era claramente carnal e o outro era simuladamente carnal. Aquilo que não é gerado em Deus é carne. Tudo tem que ser Dele, por meio Dele e para Ele. Se for Dele e não for para Ele, está errado. Se for Dele, por meio Dele e não for para Ele, está errado. Se for para Ele, mas não for Dele, está errado. Se for Dele e se for para Ele, mas não for por meio Dele, também está errado.

No Antigo Testamento, Deus constituiu sacerdotes para servi-lo. No meio desses sacerdotes existiam dois filhos de Aarão (Nadabe e Abiú), que um dia foram acender um fogo para Deus. Era para o Senhor e por meio do Senhor? Sim, porque era uma ação sacerdotal: eles poderiam acender o fogo. Mas o fogo era de Deus? Não. Qual foi a consequência disso? Morte. Era por meio Dele, era pra Ele, mas não era Dele.

Davi quis levar a arca para Jerusalém, para Deus (2 Samuel 6). A motivação de Davi estava correta? Ele queria fazer aquilo para Deus? Sim. Onde foi que Davi errou? No MODO de levar a arca. Havia uma instrução para isso e não foi por meio do Senhor que ele a carregou. Não dizem por aí que “os fins justificam os meios”? No Reino de Deus isso é mentira, nada justifica nada. Os meios têm que ser de Deus também. Davi montou um carro de bois e começou a levar a arca; entretanto, em determinado momento, o carro tropeçou numa pedra, Uzá tentou segurá-la e morreu. Era de Deus, era para Deus, mas não era por Deus. O meio de Deus era carregá-la nos ombros dos levitas.

A carne é carne em qualquer segmento. Na carne é impossível agradar a Deus. Jesus disse a Nicodemus: “Você é inútil, você está impossibilitado de amar. Você tem que nascer de novo para amar com o meu amor” (João 3:7). Tudo que você faz em obediência a Deus é amor. Se Deus falou, eu tenho uma palavra e ando por fé. Sem fé é impossível agradar a Deus, porque quem anda sem fé, anda na carne.

  • Extraído no livro “Tudo se Resume no Amor de Deus“, que pode ser adquirido na loja Servo Livre, e ainda no formato digital, na Amazon, para você para você ler no seu smartphone, tablet, computador ou leitor Kindle

blank
Siga

Sérgio Franco

Equipe . Conexão Eclésia em Conexão Eclésia
blank
Siga

Últimos posts por Sérgio Franco (exibir todos)

Compartilhe 😉Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest