Sobre o caráter de Cristo

Compartilhe 😉Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest

Olhando para Jesus fica claro que precisamos ter e cultivar algumas virtudes que são fundamentais. São verdadeiros pilares para uma edificação segura.

  • Humildade – Sem humildade é impossível obedecer de coração. Em algum momento podemos até obedecer. Obedecemos por conveniência, medo ou por alguma outra razão. No entanto, só a humildade nos permite obedecer de todo o coração. Deus dá graça aos humildes e resiste aos soberbos. Só quando obedecemos a Deus de todo o nosso coração é que conseguimos terminar a carreira, combater o bom combate, guardar a fé, em suma, CUMPRIR A MISSÃO. Jesus, que é manso e humilde de coração, obedeceu até a morte… morreu crucificado e por esta razão o Pai O exaltou sobremaneira Lhe dando um NOME que está acima de todo o nome. Para que ao NOME de JESUS se dobre todo o joelho no céu, na terra e debaixo da terra e toda a língua confesse que JESUS CRISTO É O SENHOR para a glória de DEUS PAI. Os humildes sobretudo oram. A humildade ora porque é pequena e necessitada. Os humildes dependem de Deus pois sabem que não são suficientes. A oração torna-se uma relação e uma confissão de dependência, mais do que um ato religioso e litúrgico.
    .
  • Mansidão – Costumamos confundir o manso com o calmo. As cadeias estão cheias de gente calma. Uma virtude do espírito (manso de coração) não deve ser confundida com um temperamento da alma. Quem pode nos ajudar com esta compreensão é a própria natureza. Ao olharmos para um cavalo chucro temos a certeza que não é um animal manso e que ele precisa ser domado. No entanto, quando vemos um jumento tão tranquilo, pensamos que é um animal manso e ignoramos que além de empacar, o animal costuma acertar uns coices daqueles. Manso e calmo são pessoas diferentes. Ser manso e ser calmo não são a mesma coisa. Às vezes, uma pessoa se mantém calma só até alguém pisar no seu calo. Uma pessoa calma pode ser “obstinada”. Calma e obstinada. O obstinado torna seu projeto mais importante que o de Deus. É capaz de avançar, mesmo em pecado, mesmo fora da vontade do Pai. Conforma-se com a falta de paz. Não encontra descanso. Os mansos herdam a terra porque são guiados por Deus. Somente os mansos podem ser guiados e conduzidos pelas mãos até a terra prometida. O obstinado é rebelde e, por isso, se debate, questiona, se revolta e termina sem atender a direção de Deus para a sua vida. Se o coração não mudar, a vida do rebelde vai se passar no “deserto”.
    .
  • Fidelidade – Por que nos custa tanto seguir debaixo da missão de alguém? (submissão) Por que é tão difícil estar submisso? Porque na maioria das vezes somos “infiéis”. Falta-nos lealdade. A submissão confronta o nosso ego. A submissão descentraliza o “eu”. A submissão engrandece a “outro”. A submissão nos humilha. A base da submissão, além da humildade é a fidelidade, a lealdade. Quando humilhados, além de aprender a obediência, podemos aprender e cultivar a fidelidade… Ela nos levará a experimentar uma “verdadeira” submissão.
    .
  • Piedade – Paulo disse a Timóteo que “grande fonte de lucro” é a PIEDADE juntamente com o contentamento. A piedade, segundo “a minha ótica”, é a virtude que soma os valores cristãos legítimos. É uma vida realmente voltada para o invisível celestial. Paulo está dizendo que existe um grande lucro nesta virtude, mais que nos bens materiais. Aliás, Jesus já havia dito que “a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui.” (Lc 12:15) – A piedade permite-nos relacionarmos com os valores do mundo sem perder de vista os verdadeiros valores lá do alto, onde CRISTO VIVE.

Aqui estão 04 (quatro) pilares. Que o Senhor nos transforme a cada dia no caráter de Jesus!

Em Cristo,

Sérgio Franco ><>
Twitter: @francoamd7
https://www.facebook.com/sergio.franco.servolivre

Conexão Eclésia

Conexão Eclésia

Amamos a Jesus, por isso lutamos por Sua vida na Igreja.
Conexão Eclésia

Últimos posts por Conexão Eclésia (exibir todos)

Compartilhe 😉Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest