A Igreja em “O Senhor dos Anéis”

A Igreja em "Senhor dos Anéis"
Compartilhe 😉Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest

Apontamentos livres que fiz sobre a igreja relacionados
à obra de J.R. R. Tolkien “O Senhor do Anéis”

Acredito que a arte pode muitas vezes ilustrar graficamente verdades do Reino de Deus de forma bela e pontual. E recentemente, inspirado pelo texto de Efésios, encontrei alguns temas discutidos em Senhor dos Anéis.

É surpreendente como esse filme é rico de imagens e ilustrações que podemos relacionar à Palavra. Não exagero quando digo que poderia escrever um livro com a variedade de temas que encontrei nele. Mas por limitação do nosso espaço quero falar de forma livre como algumas cenas e frases foram úteis para mim.

Para que todos entendam melhor onde quero chegar farei uma rápida descrição da história até o momento do qual estou falando.

Sendo bem sucinto, Senhor dos Anéis trata da história de um mundo onde diversas raças precisam aliar-se para vencer o mal. A história aponta a amizade como vínculo indispensável para que os objetivos em uma missão grandiosa sejam cumpridos. Porém para que essa jornada seja realizada foi importante que cada personagem passasse por um processo que pode ser resumido em uma frase do filme:

“Seja quem você nasceu para ser.”

No filme essa frase é um conselho direto dado a Aragorn: um herdeiro direto do rei, mas que por vergonha dos erros de seus antepassados escolheu viver no exílio, à margem de sua real identidade.

Aqui começam as relações bíblicas. Creio que o Projeto de Deus para cada um de nós é que sejamos parecidos com Jesus. (Rm 8:28,29) A medida que assumimos nosso papel e nos tornamos o que Deus projetou para nossas vidas encontramos nossa missão no Corpo de Cristo e nosso papel como colaboradores para que outros sejam parecidos com Jesus. E é aí que isso nos leva a outra verdade que encontramos na Palavra.

Nosso chamado pessoal está diretamente ligado ao funcionamento de todos.

Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.

Efésios 4:15-16

À medida que cada um de nós assume o compromisso de nos tornar como Jesus e crescermos nEle, automaticamente assumimos um papel com o seu corpo, a igreja. E como podemos ver no texto acima, no Corpo de Cristo cada um possui a sua contribuição para todos. CADA UM. Se você faz parte do corpo você não é exceção.

No corpo todos precisam contribuir com missão.

Uma das imagens mais marcantes do filme certamente é o seu clímax: A batalha final pela terra média. Nesse momento cada um dos personagens tem um papel específico e necessariamente ninguém é maior ou mais importante. Pelo contrário, o funcionamento de todos é indispensável. Porque é tão difícil para nós crer que no Corpo de Cristo cada um de nós possui uma contribuição vital para todos.

Como muito bem apontou Sergio Franco (veja aqui) é um engano pensarmos que o homem de 5 talentos vai substituir o com 2 e o com 1. Não. Cada um de nós tem um papel a ser exercido pela graça de Deus para contribuir com nossos irmãos. Certamente Ele tem chamado você para um papel específico. Quero chamar você a se levantar e exercer o chamado de Deus livre de medos ou mentiras.

Vamos seguir o que Paulo exortou aos Efésios. Que cada um de nós se disponha a cumprir seu papel contribuindo para o que nosso Senhor tem nos chamado a fazer, para cooperar com seu projeto de formar Cristo em cada um de nós.

“Seja quem você nasceu para ser:

semelhante a Jesus, parte da família de Deus.”

No amor de Jesus

Filipe Flexa
Twitter: @FilipeFlexa
Facebook: https://www.facebook.com/filipe.flexa
..
..

Conexão Eclésia

Conexão Eclésia

Amamos a Jesus, por isso lutamos por Sua vida na Igreja.
Conexão Eclésia

Últimos posts por Conexão Eclésia (exibir todos)

Compartilhe 😉Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest
  • Show Flexa!

  • Pr.Samuel

    Minha visão a sua alusão é :”Reteve o que era bom”. Só podemos ser quem nascemos para ser, se formos ensinados a reconhecer a soberania do nosso Senhor Jesus Cristo, quer aceitemos ou não, concordemos ou não, somos servos e temos que servir. A nossa natureza pecaminosa não nos permite de nós mesmos fazermos escolhas certas se não houver uma intervenção divina sobre nossas vidas. Não somos nós que escolhemos o Senhor. Ele é que nos escolhe.

  • Leni

    Ótima alusão ao filme irmão. Quando li o título do post já deduzi que era seu. “Só pode ser do Flexa, é a cara dele”. Abs

  • Show Flexa!

  • Pr.Samuel

    Minha visão a sua alusão é :”Reteve o que era bom”. Só podemos ser quem nascemos para ser, se formos ensinados a reconhecer a soberania do nosso Senhor Jesus Cristo, quer aceitemos ou não, concordemos ou não, somos servos e temos que servir. A nossa natureza pecaminosa não nos permite de nós mesmos fazermos escolhas certas se não houver uma intervenção divina sobre nossas vidas. Não somos nós que escolhemos o Senhor. Ele é que nos escolhe.

  • Leni

    Ótima alusão ao filme irmão. Quando li o título do post já deduzi que era seu. “Só pode ser do Flexa, é a cara dele”. Abs