Um projeto em execução

projeto em execução
Compartilhe 😉Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest

Cristo não é como o homem que se propôs edificar uma torre e, por não haver calculado corretamente os recursos necessários, não a pode terminar, o que ocasionou que as pessoas se pusessem a zombar deste homem dizendo “começou a edificar, mas não conseguiu terminar” (Lc. 1:28-30). Em Cristo notamos todo o contrário: Deus se propôs desde a fundação do mundo a ter uma igreja gloriosa e santa, uma família de muito filhos parecidos com Jesus. Cristo calculou muito bem o custo (que foi altíssimo) e o pagou completamente na cruz. Quando gritou do alto da cruz: “está consumado”, foi porque pagou o preço em sua totalidade. Cristo amou a igreja e se entregou por ela para santificá-la.

Hoje Jesus conta com todos os recursos necessários para edificar uma igreja gloriosa, a que o Pai sonhou na eternidade. Ele tem toda a autoridade no céu e na terra, todos os dons, todos os ministérios, o Espírito Santo, a Palavra, e a determinação de cumprir o plano do Pai segundo o seu projeto eterno. Aleluia!

Cristo o fará! Ele edificará a sua igreja. Não qualquer tipo de igreja, mas aquela que será “uma”. Acabar-se-ão todas as divisões aqui na terra. Será santa. Se acabará a mediocridade, a carnalidade, o mundanismo. Deixaremos de ser crianças e alcançaremos a estatura espiritual de Cristo. Seremos cheios de toda plenitude de Deus. A oração de Cristo em João 17 será plenamente respondida pelo Pai. Todos serão um, seremos santos e o mundo crerá que Jesus é verdadeiramente o filho de Deus.

Jorge Himitian
Extraído do livro “Projeto do Eterno”, que é encontrado na loja Servo Livre.

Conexão Eclésia

Conexão Eclésia

Amamos a Jesus, por isso lutamos por Sua vida na Igreja.
Conexão Eclésia

Últimos posts por Conexão Eclésia (exibir todos)

Compartilhe 😉Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest